sábado, 2 de dezembro de 2006

E se...

E se amanhã eu não conseguir alcançar meus objetivos?
E se eu não conseguir me expressar?
E se acontecer de eu me perder na busca de meus sonhos?
E se minhas preces não forem atendidas?
E se ele não gostar de mim?
E se eu esquecer de alguma coisa?
E se minhas idéias não vingarem?
E se a vida me der uma rasteira?
E se acontecer o impossível?
E se eu não tiver coragem de lutar?
E se eu fraquejar no caminho?
E se a doença me enfraquecer a ponto de não mais poder viver normalmente?
E se a esperança me escapar e eu me afundar no mar de lama de meus pesares?
E se a morte me ceifar e jogar-me na escuridão?
E se não houver amanhã?
E se o que eu imaginava que existia não foi apenas ilusão?
E se...

Autora: Bruxinhachellot.

Se ficarmos na dúvida do ser ou não ser, não vivemos nem morremos. O termo se designa algo que pode ou não acontecer. Então vamos deixar acontecer ou não. Não podemos nos privar de continuar nosso caminho pela vida com um se em nosso sapato. Viva e deixe-se viver. Se pudéssemos prever os acontecimentos futuros não passaríamos por aventuras tão mágicas.

Por Bruxinhachellot.

33 comentários:

Carlos Henriques disse...

Voltei...com o coração repleto de gratidão pelo carinho deixado no meu blog...ainda sem a capacidade de argumentar... mas se o indiana jones encontrou a arca da aliança eu voltei cheio de esperança. Obrigado.

Freyja disse...

a mi me impresiona, siempre tienes algo bello
gracias por tus saludos en Fragmentos, hermosos lugares
te dejo besitos y que estes muy bien
cuidate y gracias



besos y sueños

Claudinha disse...

Eu vivi este e se assim... E se eu não conseguisse mais andar, falar, cantar, dirigir, trabalhar... Mas eu lutei e lutei e lutei e voltei a fazer tudo o que poderia ter perdido. A nossa fortaleza está no poder da auto-sugestão, na vontade e em saber sonhar sempre! Um beijo!

Alexandre disse...

Ai, ai, este post fez-me um bem... Li, reli, voltei a ler! Exactamente aquilo que eu precisava «ouvir» num dia complicado como foi o de ontem e como vai ser o de hoje com certeza.

Obrigado, Bruxinhachellot, por teres adivinhado aquilo que eu precisava ouvir. Beijinhos e obrigado pelas tuas viagens pelo meu blogue. O meu dia de hoje vai ser melhor de certeza!

MARTA disse...

Tive muitos "se" na vida e vivi muito tempo em função disso.
Agora sei que, e tal como dizes, tenho que viver e tentar ser feliz.
Obrigada pelas visitas ao meu blog - aprecio-as muito bem como também gosto de estar aqui e partilhar o que dizes.
Beijos e abraços
Marta

Márcia(clarinha) disse...

Não gosto e não uso esse "se" pois ao pensarmos assim nada faremos...
lindo domingo,flor
beijosssssssss

[[cleo]] disse...

E se...
...nos perdessemos no meio das interrogações?
Certamente não viveríamos tudo o que a vida nos proporciona!!
Envelheceríamos á espera daquilo que talvez viesse... ou não!

Um beijo soprado

rui disse...

Olá Bruxinhachellot!!

E se...Te deixasse muitos beijinhos!!

Bom domingo
Fica bem
Beijinhos

Marco Santos disse...

E se você não tivesse ido lá, me assistir na peça Nhoque em Tempos de Crise?
E deixaria de ter conhecido uma pessoa tão simpática e seria realmente uma pena!
Querida amiga, adorei a sua presença lá, ontem. Gostei muito, mesmo. E agradeço muito pela sua divulgação. Vou adorar revê-la em São João de Meriti, caso você possa ir. Será o final de nossa mega-turnê mundial, pelo menos neste ano. O nosso papo, com seus amigos, depois da peça foi extremamente agradável. Gostei muito! Um beijo procê.

JU disse...

Ai amiga eh aquilo que ja havia te dito, sem precebemos acabamos um ao completar o pensamento do outro, essa grande cadeia criativa, estava eu estes dias a pensar coisas assim... no tempo que as pessoas perdem se perguntando os ses e deixando de viver.
Isso me doi neste coracao que ja tenta a viver a tempos como uma wiccana. por que nos sabemos que ler estes livros de wicca que falam apenas destes rituais de magia eh uma coisa, a arte esmo eh estar ali, tentando viver com as ensinamentos da mae terra, dos ciclos da vida.
E ao ler isso te exponho agora o que tanto tenho pensedo em meu coracao,isso por que ja te considero tao minha amiga. Que tudo que nos devemos viver, deve ser por inteiro , intenso, sem os medos, protecoes ou cascas. Cada ser novo que aparece em nossas vidas merece ser bem recebido, sem condicoes, sem dor , em plena confianca.
Nao importa se vem como amigo, se vem como colega, sem vem como amor, ateh mesmo como um projeto, mas que nao venha cheio de duvidas e condicoes.
Que ao menos nos sejamos plenos para os que chegam.
Sei que vc pode me compreender.
Beijos muito querida amiga

Nilson Barcelli disse...

Uma preocupação excessiva com tudo aquilo que nos pode acontecer levar-nos-ia a um bloqueio total.
Convém, por isso, fazer uma avaliação equilibrada quanto aos "ses", pois haverá sempre alguns assuntos onde devemos traçar alguns cenários para nos precavermos.
Achei a tua abordagem muito interessante.
Uma boa semana.
Beijos.

delfim peixoto disse...

Boa semana....
mudei de "casa"..
bjs

vicio disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Cadinho RoCo disse...

Na dúvida, o melhor a fazer é ler outra vez o recado de quem não duvida.
http://cadinhoroco.blogspot.com/

Bardo disse...

Carpe Diem, não é mesmo?

Muito bom seu blog! (dei uma olhada em artigos sobre seres mitológicos. Muito interessantes. Parabéns!)

Beijos!

MacLord disse...

E se durante a Noite o Sol Nascer e Brillhar....
Nessa Noite o Dia Ganhará Forma e Tornar-se-á Eterno.

BB
)O(

wicky disse...

e se faltar a luz não posso nem contactar contigo...
Mas há tempos, um sábado de manhã faltou a luz cá em casa e tive uma manhã maravilhosa !!!

Há sempre outros mundos a descobrir qd algo nos falta que nos parecia essencial !

Beijinhos

Mikas disse...

Espero que tenhas uma óptima semana

Plum disse...

A vida é feita de dúvidas!não podemos é ficar parados quando elas surgem!!!arriscar, andar para a frente, VIVER!!!abraços!*

Paulo Pires disse...

A razão desta vida é isso mesmo um conjunto de "ses" mas o importante é o que se aprender com o viver. Escolhemos estar aqui neste tempo para a aprendizagem. Temos que nos amar e amar os outros pois esse é o caminho para o paraíso.
Gostei do blogue.
Beijos

Um Poema disse...

Optima ponderação. "E se..." Condicional tantas vezes condicionante.
Um abraço

Freyja disse...

GRACIAS, QUE LINDA ERES POR TUS SALUDOS EN FRAGMENTOS
ES VERDAD DAN GANAS DE SALIR DE VACACIONES
MIL BESITOS Y UNA BELLA SEMANA
CUIDATE


BESOS Y SUEÑOS

Defensor, O Maldito disse...

Saudações
Excelente! Temos que pensar objetivamente - às vezes é difícil, pois a dúvida faz parte da existência - em viver o presente.
Abraços

Sonhos e Devaneios disse...

Oi e se é uma boa opção do certo e do errado, e cabe a nós escolhermos....a se da aventura e o se do erro, mas vamos pensar primeiro nas coisas boas nao e mesmo..um beijo gostei....
joao

DE PROPOSITO disse...

A vida é feita de 'ses'. E se a felicidade vier, será uma felicidade.
Fica bem.
Tudo de bom para ti.
Manuel

Paulo Sempre disse...

Se se eu não abraçar o arco-íres?
E se...........e se.........e se...?
Bem, ainda assim, é preciso acreditar!!!
Paulo
PS: Obrigado pela visita

caminante disse...

No es buena la duda permanente. Se avanza, también equivocándose y rectificando. Un amigo mío decía: "Los frrracasos santifican; las omisiones, no".
Lo dices, de otro modo, al final de tu escrito.
Un fortísimo abrazo.

Mestre Splinter disse...

...Que palavrinha tão chata é essa 'se', não é mesmo? Hehehe...'Se' nos atermos tanto aos 'SE's' da vida, não ousaremos dar um passo sequer,como tu bem colocaste...Obrigado pela visita, amiga Bruxa! À mim também toca profundamente o trabalho do Hansi Kürsh e seus camaradas...Se te agradas ainda toda essa atmosfera 'Tolkiana' que emana do som do Guardian, te sugiro uma passada aqui nessa página, ó: http://heavysheitan.blogspot.com/
p'rá uma conferida nos álbuns do Saurom Lamderth, um grupo com uma aura toda própria, e uma música fantástica(planejo postar futuramente os grupos espanhóis e argentinos lá no blog, mas por enqüanto vou repassando esses links mesmo...) O álbum 'Sombras del Este' é inteiramente baseado na Sociedade do Anel...As outras bandas que tu encontrares lá também são ótimas, especialmente Darna,com letras muito boas e duas moças na formação,confere lá!
Hi! Acho que escrevi demais outra vez! Hehe,tchau!

Angela disse...

Existem os bons se's e os maus se's... Podemos pensar neles mas não devemos impedir a vida de acontecer por sua causa. Logo se vê o que irá acontecer.

Fizeste uma excelente reflexão.

Beijo grande.

AnaGarrett disse...

E se... e se....
Claro que conseguirás os teus objectivos. Basta querer com muita força.
Beijinhos

Lisa disse...

Oiiiieeeee...

Agradecida pelo carinho amiga...

E "se" bom desejo uma semana super linda cheiinha de amor...

Beijossss com ternura no teu coração...

Escuta o teu mundo... disse...

Se isso tudo acontecer... tenta-se de novo... lol
Sempre com o sorriso nos lábios de cabeça levantada.
O que importa é que tentou-se e nunca te irás lamentar de nada ter feito.
BJ

Desambientado disse...

Completamente de acordo, mas o "se" também pode ser condição para uma vida melhor:
E se eu fizesse tudo para ser tremendamente feliz?
E se eu conseguisse melhorar a vida dos ouros?
E se eu me tornasse mais humano?
E se eu desejasse procurasse encontrar tudo o que de bom o mundo tem?
O se pode levar-nos também a mundo melhor ou à procura das utopias...