sexta-feira, 23 de fevereiro de 2007

Um Desejo de Liberdade


Sons estremecedores afugentam almas perdidas
Um rodopio atrai folhas e galhos partidos
Ouço um murmúrio. Fico imóvel, quase não respiro.
Uma dança louca apresenta-se a minha volta
Não sabia que árvores podiam dançar!
Sinto-me atraída pela magia em revolta
Se me entregar poderei não mais lembrar
De quem sou e do que vim buscar.

Uma rajada de vento me tira o chão.
Tento me segurar, mas não consigo.
Sei que é inútil lutar contra a tempestade
Sendo assim procuro barganhar minha liberdade
Grito para os quatro ventos que aceito meu destino
Que não mais zombarei de seus desígnios.
Sou arremessada ao solo, sinto vertigens
O mundo gira, minha mente gira, meu coração pára.

A terra sob meus pés é tão macia
Tem cheiro de folhas e água de chuva.
Meu leito é seguro e confortável
Só que meu espírito ainda vive e não aceita o esquecimento
Quando habitava um corpo sabia o poder do sofrimento
Desejava libertação e tornar-se respeitável
A única coisa que conseguiu foi a solidão
Em uma cova funda, bem funda no chão.

Liberdade era seu lema, seu desejo.
Fez-se escravo de seus ideais.
Não sorria, não cantava, só sabia guerrear
Sua vida tornou-se cinza, desistiu de sonhar.
Quando os sonhos morrem, se esvai a esperança
Não há mais lugar para um espírito vazio
A decisão foi escapar dos pesadelos
Afundando no abismo, tornando-se só uma lembrança.

Autora: Bruxinhachellot

Muitos são os que tentam viver em liberdade. Liberdade de mente e de corpo. Lutam por ideais sem sentido e quando se vêem acuados desistem da luta, dos sonhos, da vida. Transformam-se em lembranças. Algumas ainda presentes outras já esmaecidas pelo tempo. Aqueles que a conquistam se tornam espíritos de luz e navegam no infinito, nunca desaparecendo nem sendo esquecidos.

Por Bruxinhachellot.

41 comentários:

Nelson Ngungu Rossano disse...

São muitos os que lutam pela verdadeira liberdade!
No entanto vivemos todos livres numa prisão!

Quanto a mim, só em poesia tento alcançar um liberdade total!

beijos

Ricardo Rayol disse...

Perdemos tanto tempo lutando e guerreando que ao final somente nos resta a solidão.. belissimo texto.

Delfim Peixoto disse...

Liberdade é estar preso por querer, é lutar por soltar-se do que não quer estar preso
jnhs

serenidade disse...

Tens razão, quando nos tornamos livres em todos os aspectos e em especial, quando nos vemos livrs da ilusão das necessidades terrenas, viajamos no infinito para o infinito mantendo-nos cá mas sabendo que somos de lá.


Beijos de Luz serena.

L.S. Alves disse...

Tudo depende do grau de liberdade que você aceita ou não pra sua vida.

Keila, a Loba disse...

Liberdade é uma palavra tão grande que a gente termina se perdendo nela, e aí é um perigo! Alguns acreditam que ser livre é fazer o que quer e sem hora previsível, outros dizem que liberdade é sedudir e deixar-se seduzir sem ser amado... e eu acho que liberdade é viver bem consigo e com os outros.

Belo post!

BeijUivooooooooosssssssss da Loba

O Sibarita disse...

Oi! Pois é, naturalmente/eu transo a mente o corpo e o espírito... belo texto!

Obrigado pelas palavras no nosso blogue, volte sempre, aliás, tem coisa nova.

abraços,
O Sibarita

rui disse...

Oi Claudia

Fabuloso texto!
Nunca devemos de desistir de nossos ideais.

Que tenhas um lindo fim-de-semana
Cuida de ti.
Beijinho

Nilson Barcelli disse...

Tive que ler o teu poema 2 ou 3 vezes. Até perceber bem a mensagem.
Mas concluí que está muito bem escrito. Aparentemente, as duas primeiras partes nada têm a ver com as duas seguintes, mas não, são apenas duas visões do mesmo tema.
A liberdade é um estado complexo, mas quando não tem sentido será libertinagem ou outra coisa qualquer...
Excelente post Cláuidia. Parabéns.
Bom fim-de-semana.
Beijos.

Sindarin disse...

Olá amiguinha! Desculpa a ausência tenho andado doente. Infelizmente mtos desistem de lutar de chamar a si a liberdade a k tem direito. Adorei está espectacular o teu post. DEixo um beijo e o desejo de bom Domingo.

Felipe mac Lugh disse...

Liberdade: palavra fundamental para nossas almas,sempre entendi o significado dessas palavras,assim como entendem os ciganos,os celtas e outros antigos povos desse mundo. Sem ela não se vive,sobrevive.bjuxzxz

Mila disse...

Que venha água na quantidade certa e em boa hora para que não prive ninguém da sua Liberdade

O Sentir dos sentidos disse...

Bruxinha, obrigada pela visita;Sabia que com teus poderes mágicos tornou meu domingo menos insosso?
Beijinhos,

Ps:Voltarei para melhor ler teus poemas.

ANKH disse...

Agradeço tua visita.
Gostei do que escreves. Voltarei com mais calma.
Grande Paz!
Ankh

Círio de Amor disse...

Muito agradavel seu espaço.

Um abraço de luz

Lia disse...

Talvez a própria liberdade não passe de uma ilusão, já que ninguém é verdadeiramente livre.

Beijinhos

Eärwen Tulcakelumë disse...

Vim agradecer a visita ao meu espaço, venha sempre.
Muito lindo o que escrevestes, uma sensibilidade enorme.
Por vezes nos sentimos mesmo assim...arrastadas pelos sentimentos... e a nossa sensibilidade nos prega uma peça ....
Mas te digo a liberdade está dentro de nós. Quando criança, sempre gostei de ler trovas...pensamento e tem um que não me esqueço e deixo em forma de pérolas incandescentes....
“... existem homens livres nas prisões e homens presos nas ruas, a liberdade está na mente...”
Eärwen
26.02.07

Alequites disse...

Liberdade infinita.
Boa semana!
Beijos

Plum disse...

Um brinde à Liberdade!*

MiguelGomes disse...

"Lutam por ideais sem sentido e quando se vêem acuados desistem da luta, dos sonhos, da vida."

Bolas...

Fica bem,
Miguel

Defensor disse...

Saudações
Belo texto.
A liberdade, ao lado da vida, da igualdade e da dignidade são os valores mais sagrados que podemos ter.
Adorei.
Abraços,
Paz e prosperidade

Chama Violeta disse...

Vim visitar o teu espaço e confesso que gostei imenso,estás de PARABÉNS!
Tenhas uma ótima semana,beijinhos de luz!!!

contoselendas disse...

Devemos lutar pelo nossos sonhos por aquilo que acreditamos. Sonhos realizaveis.Não sonnos impossiveis.

Francieli Rebelatto disse...

Mas como julgar a liberdade, como saber quando de fato estamos livres, se quando temos liberdade estamos presos a ela e por isso não mais liver...enfim, mas vale a pena lutar pela autenticidade da vida, pois isso já é um bom principio pela liberdade...

Belos versos, cá trazes...e continues a acreditar que sem esperança não há luta, seremos melhores assim...

Beijos, te cuida...

Ana Gotz disse...

maravilhoso texto!

jguerra disse...

Liberdade não é um direito adquirido, conquista-se. Conquista-se respeitando os outros e a nós próprios.
belo texto, belo blog.

rosa maria disse...

Não tenho palavras, apenas posso dizer que este texto me diz mt e fiquei maravilhada com a forma com que expões a realidade de mts...
Fica um abraço:)

Mestre Splinter disse...

Creio que sejam duas questões, que analisadas separadamente vêm a revelar o mesmo qüadro: o que fazemos COM a liberdade? e o que fizemos PELA liberdade?

O qüanto a merecemos? O que fazemos, diariamente, p'ra mostrarmo-nos dignos dela? A liberdade do nosso irmão, zelamos por ela, pressupondo ser ela tal qüal nossa própria, como realmente é?

Tão importante qüanto conquistar a Liberdade, é o ato de compartilhá-la, libertando ''escravos'' pelo mundo...Infelizmente, há aqueles que consideram ser mais conveniente permanecer acorrentado...

wicky disse...

venho desejar-te um dia ...em liberdade


beijo para ti

Angela disse...

A liberdade... Penso que temos algumas liberdades mas dificilmente podemos afirmar que somos livres. A nossa sociedade não o permite. É nos sonhos que mais nos aproximamos do conceito de liberdade. Talvez o facto de acreditar neles e de lutar por eles seja aquela pequena porta que nos revela a nossa verdadeira força, essa que está guardada no nosso interior, que nos faz superar obstáculos e grilhões.

Um beijinho grande.

A Mónada disse...

A verdadeira liberdade é quando transcendemos a nossa mente e ficamos para sempre ligados ao foco de LUZ MAIOR irrandiando AMOR.

As outras são meras ilusões de novas liberdades que a mente tece para nos aprisionar ao sofrimento.

O poema está excelente.

Gostei.

Fica bem.

paula e rui lima disse...

olá!

se gostas de cinema vem visitar-nos em

www.paixoesedesejos.blogspot.com

todos os dias falamos de um filme diferente

paula e rui lima

Sindarin disse...

Olá amiga! Obrigado pelo carinho. Ai k liberdade esta k temos hoje em dia tão podre k cada um faz o k lhe apetece sem pensar no seu semelhante. Uma beijhoca. Bom resto de semana.

Nilson Barcelli disse...

Não há mais posts...
Deixo-te um beijo, reconhecendo todo o teu carinho e amizade.
Beijo.

Papoila disse...

Ola vim agradecer as visitas e deixar-te um doce bjinho,
Papoila Sonhadora,

Maria disse...

Ola nina.Passei para te deixar um sorriso e adorei o teu post.
Beijinhos :))
Maria

Keila, a Loba disse...

Vim saber das novidades e te convidar a rever a terceira lei de newton, mas sob a ótica do karma. Acredita nisso? Vá lá nos Uivos!!!!

BeijUivooooooooossssss da Loba

MiguelGomes disse...

Bom fim-de-semana,
Miguel

Claudinha disse...

Seu texto é lindo. A liberdade estpa muitas vezes aprisionada dentro de nós, e somos os únciso culpados em não deixá-la ganhar asas! Um beijão!

collybry disse...

Vim da amiga Sandarim,gostei muito de ler este magnifico texto...
"Não somos livres quando se coloca algemas no coração..."
Voltarei para ler todo este conteudo tão interessante,até lá deixo meu rasto______________Cõllybry

Escorpiana Explosiva disse...

Olâ realmente seus textos são um maxímo,todos temos liberdade mais poucos sabem valorizala.

Temos liberdade para questionar,de amar,viver como queremos mas sera que sabemos conhecer nossos limites.

So vive na prisão aqueles que não sabem o que estão procurando.

Um abraço.