domingo, 13 de maio de 2007

Mitologia Celta - Parte 1


Origens

Segundo historiadores, a terra de origem dos Celtas era em uma região da Áustria, perto do sul da Alemanha. Os Celtas expandiram-se pela maior parte da Europa Continental e Britania, abrangendo áreas que vão da Espanha à Turquia. Os Celtas, com grupo e raça, há muito que desapareceram, exceto na Irlanda e nas Terras Altas da Escócia.
Depois do domínio romano, instigado pelo catolicismo, as culturas druídicas e celtas foram alvos de severa e injusta repressão.
Os cargos e encargos eram iguais tanto para homens quanto para mulheres celtas. Os Celtas transmitiam sua cultura oralmente e muito pouco foi deixado escrito para as gerações futuras.
Nomeada em diversos locais, a Civilização Celta, pulverizada em vários povos é basca, gaulesa, polonesa, russa, irlandesa, portuguesa.

Cultura

Para a cultura Celta o ano era dividido em quatro períodos de três meses em cujo início de cada um havia uma grande cerimônia:
  • Imbolc - celebrado em 1 º de fevereiro, é associado a deusa Brigit, protetora da mulher e do nascimento, do lar, da forja e do fogo;
  • Beltane - celebrada em 1º de maio, significa "brilho do fogo". Esta cerimônia, muito bonita, é marcada por milhares de fogueiras, celebrada em honra ao Deus Belenos, também celebra-se vários casamentos;
  • Lughnasadh - celebrado em 1º de agosto, dedicado ao Deus Lugh;
  • Samhain - celebrada em 1º de novembro, associada atualmente com o Hallows Day ou Hallowen.
Obs.: Datas segundo o hemisfério Norte

Pela lei dos Celtas, o homem era livre para fazer tudo aquilo que quisesse, mas cada um era responsável pelo próprio destino, de acordo com os atos que livremente praticasse. Mesmo sendo livre, o homem também respondia socialmente pelos seus atos. A Igreja Católica acusava os Celtas e Druidas de bárbaros por sacrificarem os criminosos de forma sangrenta, "esquecendo" que Ela também agia dessa forma, queimando pessoas vivas sem que elas tivessem cometido crimes, apenas por questão de fé ou por praticarem rituais diferentes.

Crenças

Cada pessoa podia passar seus conhecimentos adiante, para aquelas que entendessem a lei de causa e efeito. Suas divindades eram cultuadas em campos e florestas, principalmente onde houvesse antigos carvalhos, entre outras árvores antigas.

Informações retiradas dos seguintes sites:

Mistérios Antigos / Wikipédia.

Continua...

Por Bruxinhachellot.

31 comentários:

Osc@r Luiz disse...

Muito legal o seu blog!
Adorei!
Vou voltar sempre!
Beijo!

Spiritus Lupus disse...

Obrigado por sua visita, fico feliz pelas palavras.
Volte sempre.
Perdendo as Asas é fantástico...

Mestre Splinter disse...

Eis o verdadeiro legado dos mistérios antigos europeus...o saber dos celtas! Continua... e deve!

Blogildo disse...

A cultura celta é muito interessante. Por sinal, os dias da semana em inglês são de origem celta, certo?

Continue sim!

Ricardo Rayol disse...

Interessante fico imaginando como é que eles se comprtavam perante a lei. E a Igreja é cínica.

DP disse...

Curiosamente, fiquei ... bem... de certa forma, mais sereno, nem sei porquê!
Jnhs

Sonhos e Devaneios disse...

obrigado pela sua visita, volte sempre.....eu vou voltar..beijos joao

wicky disse...

gosto muito da cultura celta

Um beijo para ti

Juℓi Ribeiro disse...

Estou adorando saber
um pouco mais
sobre os Celtas
e sua cultura.
Parabéns!
Gostei imensamente!
Voltarei pra acompanhar
a continuação.
Te linkei ao meu blog
com muito prazer.
Um abraço carinhoso.*Juli*

Nelson Ngungu Rossano disse...

Sempre nos presentiando com cultura...

bj

Defensor disse...

Salve.
Adoro história. Seus posts sobre culturas/povos antigos são excelentes.
Abraços

serenidade disse...

Muito boa a partilha dos conhecimentos, da sabedoria antiga que muitas vezes nos dás a conhecer...

Bom fim de semana.

Serenos sorrisos.

Solitária disse...

Olá!!
Venho agradecer todas as visitas, porque agora tenho estado um pouco ausente deste mundo dos blogs...
Beijitos e votos de um excelente fim de semana

Claudinha disse...

Olá amiga!
Como eu gosto deste povo... Como eu gosto deste jeito de pensar...
Adorei sua postagem, espero a outra parte! Beijão!

contoselendas disse...

Olá.Já não vinha a algum tempo aqui tive a ler seus poemas.São Lindos.É sempre bom sabermos um pouco dos Povos antepassados.Nesse capitulo seus posts continuam fantasticos.

Mel de Carvalho disse...

A cultura celta, um dos povos que povoou o meu pais (Portugal), deixou marcas irrefutáveis em muitas áreas.

Algumas delas, não obstante estarem todos os dias sob o nosso olhar, "passam-nos ao lado".

O ser humano é mesmo assim. Em certos momentos necessita afastar-se para ver melhor.

Gostei muito de ler este post, aliás como outros.
Nem sempre comento. Não gosto de dizer: olá, estive aqui. Nem sempre é possível escrever ...

Mas fica aqui um beijo e parabéns por nos trazeres sempre saberes culturais.

Mel
www.noitedemel.blogs.sapo.pt
www.maresiademel.blogs.sapo.pt

collybry disse...

Cultura que nos deixão tantos ensinemantos...Meu beijo

Rosa Maria disse...

É mt bom haver sempre quem se disponhas a dar-nos a conhecer coisas interessantes, coisas que mts vezes nos passariam ao lado.
Fica um beijo

MARTA disse...

Interessante o que nos deixa aqui sobre as civilizações antigas...
Gostei muito de ler.
Obrigada pelas visitas e no sábado aparece, pois há festa.
Beijos e abraços

Om-Lumen disse...

Olá Cláudia nesta encarnação! :-)

Apreciei muito ler o teu texto alusivo aos Celtas... Os Druidas sempre estiveram presentes na histórias da minha infância...

"Em todos os caminhos há uma passagem para um mundo encantado."

E em cada passagem uma descoberta de novas energias ondulantes e livres...

Um abraço profundo e amigo.

Om-Lumen

Alexandra disse...

Este simbolo tão bonito!!! Tenho que procurar o meu que é igualzinho. Foi com muito prazer que li estas tuas palavras. Sou completamente apaixonada pela mitologia/cultura Celta. Ainda li alguma coisa sobre ela mas depois... por variadas razões afastei-me! Obrigado por me dares mais esta oportunidade!


Beijos Grandes!!!

PS: Um obrigado também pelas tuas palavras.

Saramar disse...

Sempre fu apaixonada pela cultura e pelas histórias, a música celtas.
Tudo que acho, devoro (risos).
Que bom que está nos mostrando tudo isso.
Obrigada.

beijos

Nilson Barcelli disse...

Aprendo sempre quando visito o seu blog.
A cultura Celta também teve influência em Portugal, principalmente no Norte. As gaitas de foles são um exemplo disso.
Bom fim de semana.
Beijinhos.

A MUDANCA disse...

Beijo e um bom fim de semana


FF

bettips disse...

A Cultira Celta foi uma das que me prendeu, em tempos. Talvez por isso, me sinto tão próxima da Natureza e dos seus ciclos. Obg pelas tuas palavras. Abç

Keila, a Loba disse...

Ha poucos dias atrás vi uma tatoo masculina que imitava uma perneira celta, por sinal linda. Gostaria de ter coragem de fazer uma tatoo daquelas, pois isso remonta minha passagem pelos clãs indígenas do qual amo e respieto de paixão.

Obrigada pelo seu Uivooooooo em minha toca; e saiba ainda que esteja ausente por uns dias, adoro escultar e sentir a sua mágica presença.

BeijUivooooooooooooosssssssssss

Naty disse...

Ola passei e adorei parabens voltarei.
bjs naty

Marco disse...

Tomei conhecimento do culto celta lendo Brumas de Avalon. E fiquei absolutamente fascinado! Adorei este post, aprendi bastante. Quero ler mais. Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

Escorpiana Explosiva disse...

ja tinha visto essa postagem,mas acho q esqueci de deixar o comentario,então resolvi passar aqui só pra dizer q legal o q escreveste mas preciso reler mais uma vez um abraço.

o alquimista disse...

São sete as luas que regem a magia, o encanto, sete vezes se abre a alma para deixar sair o pranto. Sete serão as palavras que soltam a magia no tempo, sete são, as sinceras lágrimas, soltas em árido campo…

Bom fim de semana

Doce beijo

catrak disse...

Nossa muito show eu amo a cultura celta amo de paixão muito legal seu blog mesmo adicionei ao favoritos

tbm tenho um blog de cultura celta

http://celtastoday.blogspot.com

inté