segunda-feira, 9 de julho de 2007

Perfeição

Legião Urbana
***
"Vamos celebrar a estupidez humana
A estupidez de todas as nações
O meu país e sua corja de assassinos
Covardes, estrupadores e ladrões
Vamos celebrar a estupidez do povo
Nossa polícia e televisão
Vamos celebrar nosso governo
E nosso estado que não é nação
Celebrar a juventude sem escolas
Crianças mortas
Celebrar nossa desunião
Vamos celebrar eros e thanatos
Persephone e hades
Vamos celebrar nossa tristeza
Vamos celebrar nossa vaidade
Vamos comemorar como idiotas
A cada fevereiro e feriado
Todos os mortos nas estradas
Os mortos por falta de hospitais
Vamos celebrar nossa justiça
A ganância e a difamação
Vamos celebrar os preconceitos
O voto dos analfabetos
Comemorar a água podre
E todos os impostos
Queimadas, mentiras e seqüestros
Nosso castelo de cartas marcadas
O trabalho escravo
Nosso pequeno universo
Toda hipocrisia e toda a afetação
Todo o roubo e toda a indiferença
Vamos celebrar epidemias:
É a festa da torcida campeã
Vamos celebrar a fome
Não ter a quem ouvir
Não se ter a quem amar
Vamos alimentar o que é maldade
Vamos machucar um coração
Vamos celebrar nossa bandeira
Nosso passado de absurdos gloriosos
Tudo que é gratuito e feio
Tudo o que é normal
Vamos cantar juntos o hino nacional
A lágrima é verdadeira
Vamos celebrar nossa saudade
E comemorar a nossa solidão
Vamos festejar a inveja
A intolerância e a incompreensão
Vamos festejar a violência
E esquecer da nossa gente
Que trabalhou honestamente a vida inteira
E agora não tem mais direito a nada
Vamos celebrar a aberração
De toda nossa falta de bom senso
Nosso descaso por educação
Vamos celebrar o horror
De tudo isso
Com festa, velório e caixão
Está tudo morto e enterrado agora
Já que também podemos celebrar
A estupidez de quem cantou esta canção
Venha, meu coração está com pressa
Quando a esperança está dispersa
Só a verdade me liberta
Chega de maldade e ilusão
Venha, o amor tem sempre a porta aberta
E vem chegando a primavera
Nosso futuro recomeça:
Venha que o que vem é perfeição..."

*****
Essa canção é do Legião Urbana, in memória de Renato Russo. Escolhi essa letra por falar de acontecimentos que ainda hoje povoam o mundo e, principalmente por ser uma forma de protesto pelo descaso do governo e da população com nosso país.

Fiquem bem.

Por Bruxinhachellot

23 comentários:

Marco disse...

É, laudiabruxinha... As sábias palavras de Renato Russo deveriam ecoar pelos ouvidos da Nação. E sua recomendação também.
Vivemos dias terríveis, onde parece haver predomínio da má natureza humana. Praz a deus tenhamos dias melhores. Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

Marco disse...

Desculpe. Claudiabruxinha.

serenidade disse...

Pois, convém não baixar os braços...

Serenos sorrisos

O Sibarita disse...

Oi sua menina! Minha Fada olhe nem vou falar nada por que sou fã de carteirinha da Legião,agora, essa letra, essa música deveriamos mandar e ou cantar no Congresso Nacional para ver se eles tomam vergonha na cara!

Dona Fada olhe passe no Sibarita hoje 07/07 faz um ano do Sibarita a Festa ja começou leia tudo viu? kkk

bjs
O Sibarita

legivel disse...

... um poema que é bem capaz de ser um grito de revolta pelo que está acontecendo socialmente no vosso país. Dele, apenas tenho conhecimento pela comunicação social que não será assim tão imparcial e a primeira e única vez que estive no Brasil já foi à cerca de quinze anos...

Tude de bom para você!

Sindarin disse...

Olá amiguinha! Uma escolha mto bem feita. Adorei esta letra e a sua mensagem. Um beijinho. Obrigada pela visita.

Blogildo disse...

Essa letra é muito boa! Eros e Thanatos são cada dia mais celebrados.

Cristiane disse...

Oi...

Cheguei até o seu lindo blog através de blogs amigos...e gostei muito!

Amo a Legião e vivi os tempos aúreos da banda com intensidade...adoro essa música!
Parabéns pelo lindo blog!
Volto, com certeza...Um beijo, Cris

Om-Lumen disse...

Olá :-)

Tudo bem?

Desculpa deixar aqui algumas palavras fora do contexto do teu post.

Se te interessar dá uma vista de olhos no meu último post no blog Om-Lumen.

Abraço amigo.

Om-Lumen

Lu@r disse...

Estou contigo nesse protesto.

Beijo Nocturno

Sonhos e Devaneios disse...

legiao e imortal....lindo post
beijos
joao

poetaeusou disse...

/
Só a verdade me liberta,
,
é mesmo,
,
xi
/

Ricardo Rayol disse...

Não sou fã dele mas tenho que reconhecer que tinha uma genial maneira de protestar.

Moacy Cirne disse...

Oi, nossos caminhos são diferentes (afinal, sou materialista assumido), mas nada nos impede de visitas amigas. O mundo é mais vasto e complexo do que possamos imaginar. E a boa poesia e a boa arte sempre me interessaram. Um abraço.

poesiadaspiramides disse...

Tudo o que esta dito, se passa nesta nossa vida mentecapta, sempre actual
ji

John Lemmos disse...

Olá
Legião Urbana não é para mim referência... mas gostei...

boa semana
**beijo**

marilia disse...

Oi Bruxinha....descobri esse seu blog e adorei...
propria a letra para os tempos de hoje...alias, eterna, como algumas musicas sempre ser�o!
bjos e obrigada pela visita dia 13...rsss

Solitária disse...

Enfim...é o mundo que temos!
Passei para deixar os votos de uma boa semana.
beijinhos

Cakau disse...

Conheço essa música. Pena que os protestos sejam insuficientes, não é?

Um beijinho e obrigada pela visita ao meu Paraíso! Volta sempre *

Alma da Lua disse...

renato russo era simplesmente brilhante demais

Fernando S. disse...

excelente tu post, saludos desde venezuela

Nilson Barcelli disse...

Uma letra bem forte.
Pode ser aplicada em variadíssimos países...
Gostei, pos não conhecia.
Beijinhos.

su disse...

Legião Urbana...sempre gostei deste grupo. Triste terem "visto" o seu fim, e da maneira que foi!
As letras sempre foram ou de uma maneira geral formas de protesto universais!

: )