sábado, 22 de setembro de 2007

Fandango


"Nas regiões Norte e Nordeste do Brasil o fandango é um espetáculo popular que engloba romance, dança, música, anedotas, ditos, lendas e orações. É uma festa em homenagem aos marujos, que acontece na época natalina.
O fandango é um auto popular, já tradicional no início do século XIX e constitui-se numa convergência de cantigas brasileiras e de xácaras portuguesas (narrativas populares em versos), distinguindo-se a Nau Catarineta.
O espetáculo desenvolve-se em um tablado, armado em frente à igreja ou em qualquer outro local ao ar livre. O elenco é composto pelo mar-e-guerra, imediato, médico, piloto, mestre, contra-mestre, duas alas de marujos e dois palhaços, o Vassoura e o Ração. Os personagens vestindo fardas de oficiais da Marinha e marinheiros, cantam e dançam ao som de uma orquestra de corda (violino, viola e violão). Há um cortejo de abertura que canta e recita episódios da vida no mar. O enredo é basicamente o seguinte: uma nau por causa de uma tempestade, vagou pelo oceano durante sete anos e um dia, com a fome atacando a todos. Escolhe-se um tripulante para matar a fome dos demais, mas antes que ele seja morto, Nosso Senhor Jesus Cristo faz o milagre de salvá-los fazendo-os chegar à Espanha, enquanto o Diabo faz tudo para impedi-lo.
No Sul do Brasil (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) o fandango é um baile, uma festa, onde se executa um conjunto de danças rurais, conhecido como cateretê, com variada coreografia, que receberam influência hispânica.
Em São Paulo, Sudeste do Brasil ele é dividido em dois grupos distintos: rufado ou batido, exclusivo dos homens, marcados por sapateado forte e barulhento e o bailado ou valsado, em que os casais arrastam os pés no chão.
A Nau Catarineta é um episódio épico que lembra a Odisséia. É uma ode romanceada que pelo fascínio do seu enredo dramático e pelos mirabolantes efeitos pictóricos da coreografia, se transforma em um bailado."
Trecho da Nau Catarineta:
"Já vejo terras de Espanha,
Areias de Portugal!
Também vejo três meninas
Debaixo dum laranjal."

Fontes: Wikipédia e Fundação Joaquim Nabuco

Por Bruxinhachellot

13 comentários:

Sol da meia noite disse...

Riquíssimo este teu post!

Obrigada por partilhares a maravilhosa cultura do teu país.

Beijinhos!

MiguelGomes disse...

Gosto muito da cultura tradicional das regiões, dos povos... Gostei muito deste teu post.

Fica bem,
Miguel

multiolhares disse...

é esta troca de conhecimentos
que nos torna mais próximos
uns dos outros
aqui em Portugal temos uma
dança que também se chama fandango, é dançado no Ribatejo, por 2 homens frente um ao outro

beijinho
luna

Claudinha disse...

Oi menina! Adoro esta música! Angel, angel...
Eu nunca vi o Fandago e gosto da expressão popular em todas as suas facetas. Legal seu post!

* Hoje é dia trabalhoso para as sacerdotisas. Feliz entrada da primavera!

Vera disse...

Excelente trabalho!
Quantos ensinamentos, quantas coisas a aprender.
Adoro este tipo de cultura!

Beijo

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Cara amiga,
Agora que ja foi indicada por mim para o Premio Caneta de Ouro, faça o seguinte:
1- inserir nos seus contatos o blog Gritos Verticais:
http://poemasdeandreluis.blogspot.com e Alma de Poesia: http://ritacosta-almadepoesia.blogspot.com
2- Escreva para o e-mail canetadeouropoesia2007@gmail.com
Dizendo: "Fui indicada com a
poesia "Olhos Fechados" http://labirintodosoledalua.blogspot.com por NAMIBIANO FERREIRA do blog
http://poesiangolana.blogspot.com, que concorre com o poema " Imbondeiração"

Aguarde a remessa do material para que possa
colocar devidamente em seu blog e como eu fiz no meu.
Boa Sorte!
Namibiano Ferreira

Navi Leinad disse...

Olá!
Estou retribuindo a visita que me fizeste.
Teu blog é interessante.
Até!

Vieira Calado disse...

Não sei se conhece os versos (portugueses) de "A Nau Catrineta":

"Lá vem a Nau Catrineta
que tem tanto que contar,
ouvi agora, senhores,
uma história de pasmar..."

Se a memória não me falha, é do Gonçalo Crespo.

Beijinhos

John Lemmos disse...

Olá

Peço desculpa por andar ausente dos blogs que visito mas tentarei ser mais assíduo.
Meus parabéns pelo excelente trabalho.

**beijo**

Vieira Calado disse...

Hoje é só para lhe dizer que vou pôr o seu blog nos meus links. Posso?
Beijinhos.

Um Poema disse...

Finalmente de regresso, vim ler-te e agradecer a tua visita e palavras durante a minha ausência.

Um abraço

Marco disse...

Muito legal! Gosto quando aprendo coisas. E volta e meia sempre aprendo algo por aqui. E se tem a ver com teatro, aí mesmo é que eu acho ótimo!
Carpe Diem.

inês disse...

em portugal também temos o "fandango"
gostava de te enviar a história, para onde?

bom fim de semana "bruxinha", um beijo de lisboa