quarta-feira, 26 de março de 2008

Desejo


Amantes de La Peña (Escultura de Patricio Toro)

Um olhar
Um toque
E a chama crepitante da paixão
A envolver os corpos inundados pelo desejo
A fantasia rola solta
Ao sabor de pele contra pele
Um beijo
Um carinho retribuído
Dois corpos em fúria
Se chocam
Provocando um turbilhão de fagulhas
Um só coração.
.
Autora: Cláudia valéria Miqueloti (Bruxinhachellot)
Fiquem bem.
.
Por Bruxinhachellot

20 comentários:

Vieira Calado disse...

Muito bem adequada a escultura ao esbelto poema.
Beijinhos

lua prateada disse...

É...................
Se um dia precisares de silêncio para pensar em alguem,lembra-te que em silêncio,alguem pensa em ti...
Que teu fim de semana luminoso, lindo e brilhe para ti!...
Beijinho prateado com carinho
SOL

Marco disse...

Muito legal. Texto e imagem se casou muito bem. Querida amiga, tem carinho procê no Antigas Ternuras. carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

espelhodesombras disse...

Querida Bruxinha, um olhar, um toque, e a chama... Lindo versos minha querida, gostei muito.
E tenvio um m igual.
beijos
João Costa Filho

"De viver"

Num momento,
um olhar ardente,
pungente, fremente,
o tocar, o abraçar
taquicardias mil,
alguns tremores,
a garganta seca,
e a vontade de cavalgar
os corpos...
cada centímetro,
sem desperdícios,
sem perdas.
Corpo a corpo,
corpo e alma,
mãos nas mãos
mãos em pesquisas.
tateando, tateando....
Olhos rezando,
e ouvidos zumbindo.
e a explosão ......
São os encontros,
desencontros
e reencontros...
fugas, correrias
anseios, devaneios
promessas , esperanças
mudas
e surdas
creio e descreio
sinto, amofino,
este sentimento,
danado de dor
e de amor.

Lenita disse...

Sem palavras!

Mário disse...

Como já disseram: perfeito. Um bom domingo para você.

O Profeta disse...

Esta é a alma que voa de um Profeta
Ao encontro do teu sentimento
Este é o sal de alva espuma
Que te ofereço e diadema de espanto…

Olhos de alma, da tua alma
Quero-os no cais da minha chegada
Espero por ti em manto de ternura
No encontro da minha caminhada


Bom domingo

Mágico beijo

Ricardo Rayol disse...

o interessante é o suicidio subentendido

Wiscat a Feiticeira disse...

PaZ!!!
Uma sombra é sempre leal ao corpo que a governa e que a mantém viva, pois sem corpo não há a sombra ela paga a sua existência com lealdade ^^
'^^ Eu não vivo em Praga '^^ vivo em Braga
Bjs enfeitiçados e até tempos!!!

lua prateada disse...

Em nome de todos nós do Almas poéticas venho te agradecer pelo carinho das palavras doces lá deixadas.
Beijinho prateado com carinho
SOL

Fernando Rozano disse...

poesia repleta de afeto e paixão, sentimentos que se entrelaçam, correspondidos ou não. o poema e a imagem são perfeitas. abraços.

Marco disse...

Oi, bruxinha. Vim ver se tinha atualização. Tem post novo no Antigas Ternuras. Acho que você vai gostar do tema... Carpe Diem.

Nilson Barcelli disse...

Excelente poema cara amiga, onde "a chama crepitante da paixão... provoca um turbilhão de fagulhas".
Gostei de ler.

Beijinhos.

Rita Costa disse...

Lindo! Aliás não só esse mas todos os versos que li. A musica é maravilhosa também. Beijus de Ama

Filipe Garcia disse...

Bom é viver momentos intensos assim! A imagem escolhida caiu mto bem!

Beijos.

Gerlane disse...

É exatamente isto que acontece quando seres mobilizados pela paixão se encontram. E este momento é indescritível!

Beijos pra ti!

CATARINA POETA disse...

Forte tema. Parabéns!
Catarina Poeta

Menina do Rio disse...

Basta um olhar, um toque...
Ao fogo da paixão!

beiijos

Marco disse...

Oi, bruxinha!
Na terça-feira, às 22h, no programa Arte com Sergio Britto este seu amigo será entrevistado sobre o livro Popularíssimo - O ator Brandão e seu tempo.
Na TV Brasil (antiga TV Educativa, canal 2). Carpe Diem.

Kalar disse...

SECURITY CENTER: See Please Here