quinta-feira, 12 de junho de 2008

Frevo (Estilos Musicais)


"O Frevo é um ritmo pernambucano derivado da marcha e do maxixe. Surgido no Recife no final do Século XIX, o frevo se caracteriza pelo ritmo extremamente acelerado. Muito executado durante o carnaval, eram comuns conflitos entre blocos de frevos, em que capoeiristas saíam à frente dos seus blocos para intimidar blocos rivais e proteger seu estandarte. Da junção da capoeira com o ritmo do frevo nasceu o passo, a dança do frevo.A Capoeira é uma luta que influenciou diretamente as origens do Frevo. Até as sombrinhas coloridas seriam uma estilização das utilizadas inicialmente como armas de defesa dos passistas. A dança do frevo pode ser de duas formas, quando a multidão dança, ou quando passistas realizam os passos mais difíceis, de forma acrobática. O frevo possui mais de 120 passos catalogados."
"A palavra frevo vem de ferver, por corruptela, frever, que passou a designar: efervescência, agitação, confusão, rebuliço; apertão nas reuniões de grande massa popular no seu vai-e-vem em direções opostas, como o Carnaval, de acordo com o Vocabulário Pernambucano, de Pereira da Costa. Em reconhecimento à importância do ritmo e a sua data de origem, em 09 de Fevereiro de 2007, a Prefeitura da Cidade do Recife comemorou os 100 anos do Frevo durante o carnaval de 2007."

Frevo Mulher

Quantos aqui ouvem
Os olhos eram de fé
Quantos elementos
Amam aquela mulher
Quantos homens eram inverno
Outros verão
Outonos caindo secos
No solo da minha mão
Gemeram entre cabeças
A ponta do esporão
A folha do não-me-toque
O medo da solidão
Veneno meu companheiro
Desata no cantador
E desemboca no primeiro
Açude do meu amor
É quando o tempo sacode
A cabeleira
A trança toda vermelha
Um olho cego vagueia
Procurando por um.

Cantor - Zé Ramalho

Obs: Por estar com o braço direito engessado até o fim da próxima semana, não me foi posssível atualizar o Caminho dos Contos.
Acesse o vídeo na parte esquerda da página para ouvir a música Frevo Mulher, antes dê uma pausa no Labirinto Musical.
Fiquem bem!

Por Bruxinhachellot

14 comentários:

Defensor disse...

Salve.
O frevo realmente ferve. E Amelinha também cantava Frevo Mulher.
Abraços, bom fds

LuzdeLua disse...

Passando, deixo aqui um abraço e bons desejos para o findi semana.
Com carinho
Bjs

Marco disse...

Ô amiga... Espero que você sare logo... Melhoras, viu?
Aprendi muito com seu post. O frevo é um gênero musical maravilhoso, típico de nossa esplêndida cultura, com muita honra. Bom final de semana. Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

Lyra disse...

Adorei conhecer o frevo!

Obrigada pela partilha.

Beijinhos e até breve.

Loba, a Keila disse...

Estive em Pernambuco no ano passado, quando se comemorou 100 anos do frevo, se não me angano. Foi sensacional, inesquecível, ver a alegria daquele povo cultivando suas tradições com suor e animação. Adoro Pernambuco, adoro Olinda, sou apaixonada pelas tradições daquele povo.

BeijUivoooooooooooossss da Loba

DelfimPeixoto disse...

Aprendendo sempre, vindo aqui

Lyra disse...

Passei por aqui apenas para deixar um beijinho.

Até breve.

;O)

Bill Stein disse...

Adorei.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Bill Stein Husenbar disse...

Adorei visitar o blog.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Ganhar Dinheiro disse...

muito legal este post

Mestre Splinter disse...

Hehehe...essa música do Zé Ramalho é legal... vou ouvir sim, mas primêro deixa terminar essa do Mägo de Oz que tá bem boa também, hehe!...

Mestre Splinter disse...

Poxa, canta muito aquela moça do Aldeia Trio que tu botaste ali nos vídeos... valeu a dica!

aldeia trio disse...

OBRIGADO PELO ELOGIO!!! (MOÇA DO ALDEIA TRIO FREVO MULHER) ENTRE EM CONTATO CONOSCO!!!

ALDEIATRIO.BLOGSPOT.COM

OBRIGADO!!!

Anônimo disse...

quais sao os estilos musicais que enfluenciaram o frevo