domingo, 15 de março de 2009

Fragmentos Poéticos

Imagem retirada do google (desconheço autoria, mas se souber me avise)

.

O amor é como uma seta
Lançada sem direção
Não tem alvo, não tem reta
Não escolhe coração

Felicidade disse alguém:
É a maior conquista de um ser.
Então serei feliz eternamente
Pelo fato de amar você.

Amor profundo
Segredo do mundo
Guardado no fundo
De um espaço sem lugar
De uma luz sem luar
De uma tristeza no olhar

Hoje sonhei com você
E não quis mais acordar
Com medo de te perder
Só quero pensar em te amar

Autoria de Cláudia Valéria Miqueloti (Chellot)

Fiquem bem e doces beijos.

14 comentários:

Vieira Calado disse...

Doces beijos também, para você!

Juliana Neder disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Juliana Neder disse...

é isso ai amiga, mas viva o amor ele sempre vale apena nem que seja pra gente, ele poe um sorriso bobo no rosto e borboletas na boca do estomago, faz a gente se sentir vivo.
beijos ju

Tatiana disse...

O amor é realmente assim...

Bela poesia!

Beijinhos e uma semana repleta de dádivas!

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA CLAUDIA, MARAVILHOSO POEMA MINHA AMIGA... UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Lobodomar disse...

Cláudia, boa tarde. Na condição de leitor, sei que é muito bom quando um texto consegue ter, ao mesmo tempo, beleza e sentido profundo. E você conseguiu isso aqui. Parabéns. Grande abraço, Poetisa!

O Profeta disse...

O silêncio da solidão mora em meus olhos
Revela-se na tristeza, retém a palavra amarga
Tem a nudez de um aguaceiro de Maio
Uma garganta presa em grades que a voz embarga

Hoje a Ilha acordou presa ao silêncio
Os pássaros voaram no chão de barro frio
Esqueceram-se de subir ao azul
Lavaram as penas nas águas de um rio


Convido-te a descansar a alma nas minhas pedras de Ouro

Boa semana


Mágico beijo

Nelson Ngungu Rossano disse...

Uma poesia bonita

Roberta Albano disse...

Muito obrigada pela visita e pelo comentário q eu adorei =)

gostei da poesia
acho difícil prender tudo que você sente nas rimas, mas você cosegue fazer isso

estarei feliz em seguir seu blog e te adicionar nos meus favoritos

Jaqueline Sales disse...

É... o amor está aqui, no ar, e em muitos outros blogs, Chellot. Bela composição.

BeijUivoooooooooooooossssss da Loba

António Gallobar disse...

Olá venho aqui agradecer a sua simpatica visita, estou certo que irei gostar muito da sua poesia a avaliar pelo que já li, não posso deixar de lhe dizer que o seu blog dedicado á literatura "Caminhos dos contos" está com um bom gosto notavel, e vou ter muito que ler disso estou certo, depois lhe irei dando conta.

Beijinho e até breve.

Antonio Gallobar

akasha disse...

Um poema lindíssimo, sem dúvida.
Beijos.

O Peregrino disse...

"Eu queria acordar e te ver ao meu lado,
saber que meus sonhos se realizaram,
mas enquanto isso não acontece...
vou caminhando no labirinto da minha alma."

Parabéns pelo blog!
Vou seguir seu blog, e se vc quiser seguir o meu...
http://peregrinosonline.blospot.com
grato, Iago, ou Peregrino, como quiser...

Natan de Alencar disse...

Obrigado por sua bela inspiração.

http://tabuaepaixao.blogspot.com


Natan de Alencar