sexta-feira, 23 de abril de 2010

Interferência Poética


A poesia interfere nos corações noturnos incentivando-os a se mostrarem, tornando-os incapazes de permanecerem nas sombras.

Autoria de Chellot (Eu).
Sei que estou afastada da blogosfera no que se refere a meus amigos blogueiros e poetas. É uma dívida que não sei quando vou pagar. Só posso dizer que ando sem inspirações para escrever e acompanhar suas inspirações, mas vou tentar arrumar um tempo para isso.

Beijos doces e um ótimo FDS.

7 comentários:

Maria José disse...

Não se preocupe. A inspiração vai chegar. Estou passando aqui para regar nossa amizade e desejar-lhe um excelente final de semana. Fique com Deus. Beijos.

Catarina Poeta disse...

Companheiro de blog, saiu meu 4° livro, e você pode fazer download em http://www.bookess.com/read/3082-releituras/
Forte abraço!

ONG ALERTA disse...

Poesia é puro coração, paz.

cristal de uma mulher disse...

mUITO LINDA...bOA SEMANA

Marco disse...

Também andei afastado, mas foi por excesso de trabalho. Estou voltando devagarzinho, visitando os amigos e escrevendo umas bobaginhas...
Daqui a pouco a inspiração volta.
Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

Claudinha ੴ disse...

Amiga, há tempo para tudo. Nada acontece por acaso e na hora errada.
Volte, mas quando se sentir pronta, aguardamos!
Está tudo muito lindo aqui, adorei!
Beijos!

Vieira Calado disse...

Quando menos se espera

chega a inspiração...

Saudações poéticas