quarta-feira, 14 de março de 2012

Ponteiros do Tempo


Ponteiros do tempo



Sou sempre observado
Nunca cheguei a enrubescer
Prontidão é meu substrato

Giro sem medo de me perder
O tempo é meu aliado
Marco o futuro e o passado

Se me dão corda alço vôo
Ao encontro do amanhecer
Doze voltas, não enjôo
Aos poucos fulgura o anoitecer

Passa o tempo sem descanso
Subindo e descendo eu já alcanço
Não tenho hora certa para parar
Nunca paro. Eu me movo devagar

Autoria: Cláudia Valéria Miqueloti - Chellot

Do livro Ponteiros do Tempo (em breve)




7 comentários:

vendedor de ilusão disse...

Parabéns pelo blog; já o sigo. Convido-lhe visitar e seguir o meu.
vendedordeilusao.blogspot.com

Gabriela Marques disse...

Você escreve tão bem. Engraçado você ter me encontrado pela blogosfera, e não ao contrário. Devo estar mesmo muito sumida por aqui, por não ter achado essa delícia de cantinho e por aqui ter permanecido. Bom demais!
Uma honra ter teus olhos a passear por meu cantinho.
Sigo-lhe!
P.S.: Estes versos tanto me encantaram, que irei compartilhar o link no meu facebook. Espero que não se importe.

Beijo doce!
Ótima semana.

Nilson Barcelli disse...

O importante é que nos movamos, mesmo devagar...
Belo poema.
Gostei imenso, querida amiga.
Beijo.

Mirze Souza disse...

Que maravilha de poema!

Chellot!

Emocionou-me sua poesia. Voos que sempre persigo.

Estarei te seguindo.

Beijos

Mirze

Sandra disse...

Oi amiga, passei para deixar um grande abraço
Desejar a Você um lindo final de semana. E dizer que és um SER muito Especial para mim.
Amigos são perfumes que ficam nas mãos depois de oferecer as rosas da Alegria, Felicidades, Sucessos e Paz.
Obrigada pela Flor da nossa Amizade Verdadeira. Durante a semana fica impossivel retribuir os carinhos então, venho nos finais de semana.
Deixo um forte abraço e um beijo em seu coração.
Bom Final de Semana, Muita Luz, Paz e Harmonia. Até mais.
Carinhosamente,
Sandra

Gilce Veríssimo disse...

Estrelei algumas de suas postagens.Claro, vou seguir também. Seu "labirinto" é na verdade um achado que alimenta a nosssa alma!
Parabéns

Lourdinha Vilela disse...

"Movendo-se devagar" Divagando em poesia. Parabéns pelo blog.Que bom que eu o encontrei e me encantei.
Amo poesia. Te seguindo. Se desejar estou no www.expressodointerior.blogspt.com.
Ficarei feliz com sua visita.